EPI-USE

A importância do T&D no setor de Agronegócio

[A importância do T&D no setor de Agronegócio]

RH Agronegócio T&D

Desenvolver talentos nas corporações é uma decisão de impacto não só financeiro, mas principalmente no capital intelectual interno. Aproveitar para moldar e lapidar colaboradores que já conhecem a cultura da empresa e a função que exercem, diminui o tempo gasto com a apresentação de estrutura a um novo profissional, além de incluir a prática no sistema de desenvolvimento de carreira. Ademais, manter a cultura de desenvolver os profissionais é estimulante para as equipes como um todo, aumentando o interesse pela empresa e a produtividade.

Entretanto, há outros pontos essenciais para a tomada da decisão em treinar e desenvolver ao invés de procurar no mercado um novo profissional com formação, experiências e qualificações necessárias para um cargo ou função específica.

O setor do agronegócio possui a necessidade particular de especializações extremamente específicas, o que resulta na demanda de profissionais com conhecimentos direcionados. Podemos tomar como exemplo as constantes pesquisas para a melhoria de cultivos na Agricultura 4.0, o que resulta na necessidade de profissionais atualizados constantemente.

Os tipos de treinamento e desenvolvimento a serem implantados

O departamento de Recursos humanos deverá analisar e estudar as necessidades indicadas pela gestão de cada um dos setores para elaborar os treinamentos ideais para a capacitação interna. Isso pode ocorrer tanto com uma equipe interna, com colaboradores experientes na função, como com a terceirização dessa função, contratando empresas especializadas no desenvolvimento de profissionais.

Essas estruturas podem se dar tanto in loco, quando os treinamentos são realizados dentro das empresas ou em escolas com as estruturas ideais, quanto online, em ambientes virtuais. A escolha entre eles ou um programa com o uso de ambos para melhor aproveitamento deverá se dar depois de análise dos custos, perfil dos colaboradores e resultados que devem ser atingidos.

A missão do Recursos Humanos na mudança de mentalidade no agronegócio

O departamento de RH dentro da empresa tem como missão mudar a mentalidade da gerência de todos os setores indicando as vantagens e benefícios de organizar e implantar um sistema de desenvolvimento profissional, de cursos e treinamentos para o quadro de funcionários já existentes pelos motivos que já mencionamos. No caso do agronegócio, por se tratar de um setor em franco crescimento e atualização quase que diária em suas técnicas,  esse sistema de treinamento constante se faz necessário não só para o encaixe dos funcionários nas novas técnicas apresentadas no mercado, como no aproveitamento do quadro de funcionários já existentes nesse programa.

Com isso, há ganhos em todos os lados: as empresas irão possuir empregados engajados e comprometidos, com competências e conhecimentos específicos que ajudarão no crescimento da corporação. E em conjunto, terão um setor de treinamento e capacitação próprias com formação específica para as atividades internas.

 

Gostaria de saber como a EPI-USE pode ajudar sua empresa a reter, treinar e desenvolver seus talentos? Entre em contato conosco...

 
Fonte original foto Link
 

 

Veja também:

Olá, deixe seu comentário para A importância do T&D no setor de Agronegócio

Enviando Comentário Fechar :/