EPI-USE

A mudança na cultura organizacional no agronegócio

[A mudança na cultura organizacional no agronegócio]

RH e Agronegócio

Enquanto o setor de agronegócio é inundado por novas técnicas de fertilização, preparo de solo, colheita e plantio, com maquinários cada vez mais atualizados, há um grande conflito de cultura dentro das empresas. O senso comum no nosso país ainda indica que agricultura, por exemplo, é uma tarefa quase encarada como tradição, passada de geração em geração e infelizmente apenas há poucas décadas a capacitação e treinamentos sobre determinadas técnicas vem ganhando espaço.

Com isso, até mesmo as grandes empresas e cooperativas que norteiam esse setor encontram dificuldades em implementar mudanças de estrutura, como desburocratizar processos e oferecer conhecimento, treinamento e desenvolvimento aos funcionários.

Por isso, é de extrema importância inserir o conceito de cultura organizacional e as mudanças necessárias para a melhoria de produção como um todo, além de aumento de engajamento e motivação por parte dos colaboradores.

O que é cultura organizacional?

O primeiro ponto é entender o que é cultura organizacional. De maneira geral, esse termo é definido pelo conjunto de valores, moral e ética, além de regras de conduta que norteiam a empresa. É dentro da cultura organizacional que estão fundadas as políticas de gestão que devem ser seguidas por todo o quadro de funcionários e pelos processos internos.

Por isso, tornar transparente e divulgar a cultura da organização até ser concebida de forma orgânica por todos os colaboradores resulta em um direcionamento único tanto dos profissionais que estão na base da produção, no caso do agro os que lidam com os cultivos de forma geral até os líderes e gestores do alto escalão.

Visto isso, utilizar toda a comunicação interna para divulgar os pilares de missão, visão e valores e também os objetivos que a empresa possui resulta não só na transparência da cultura como já citamos, como também deve ser utilizado para a possível modificação desta.

Porque modificar a cultura organizacional

No caso do Agronegócio, explicar e desenvolver em todos os colaboradores a necessidade de aceitação da atualização auxilia na lapidação de talentos. Com essa mudança de linha de pensamento tanto dos que estão na base da pirâmide até os líderes, fica muito mais fácil incluir ferramentas que não se limitam apenas em maquinários de produção, como principalmente nos processos internos e burocráticos com a inclusão de softwares e ambientes de conhecimento virtual, por exemplo. Esses últimos são essenciais para os programas de desenvolvimento interno.

Além disso, será a mudança de cultura organizacional que irá propiciar a entrada de programas de treinamento, utilização de softwares, mudanças de requisitos de perfis de novos colaboradores entre outras ações que proporcionarão a verdadeira atualização no agronegócio.

E você, o que acha sobre a mudança de cultura organizacional no Agronegócio? Deixe-nos saber sua opinião.

 

Créditos: Fonte foto de capa

Veja também:

Olá, deixe seu comentário para A mudança na cultura organizacional no agronegócio

Enviando Comentário Fechar :/