EPI-USE

Crescimento na oferta de empregos modifica o profissional de RH

[Crescimento na oferta de empregos modifica o profissional de RH]

Enquanto que em 2017 a maior parte das vagas disponíveis no mercado foi por conta da reposição de profissionais que foram dispensados por baixo rendimento, com a melhoria na economia e os índices de desemprego estagnando e com diminuição prospectada, o setor de recursos humanos nesse ano de 2018 terá grandes mudanças no que diz respeito ao número de vagas oferecidas, perfis procurados e também previsão de aumento de salários nos cargos já existentes. Este último, segundo uma pesquisa da Korn Ferry (consultoria de gestão organizacional), possuem a previsão de crescimento de 3,3%, porcentagem significativa em vista do grande período de recessão que o país passou.

Com isso, o setor de rh deve se preparar para as mudanças, com análises e planejamentos de planos de sucessão e carreira, além de garantir um trabalho integrados entre as áreas da empresa para um modelo de contratação que resulte em processos seletivos mais direcionados, que mirem primeiramente na possibilidade de aproveitamento interno para depois abrir para o mercado. Além disso, optar por analisar perfis que podem ser lapidados para integrar os times em funções e cargos novos é uma opção inteligente e certeza de um investimento com bom retorno.

Surgimento de novos perfis de candidatos

Com o aquecimento da economia e aumento de ofertas de emprego, os setores de recursos humanos devem se preparar para deixar de ser um setor que somente contrata e demite, gerenciando problemas pontuais, para ser uma área importante dentro da estratégia de negócios da empresa. Afinal, indicar colaboradores, estudar e planejar ações que irão não só promover o crescimento dos profissionais como consequentemente a produção e qualidade da empresa como um todo garante a importância da atuação.

Por isso, não são só os cargos gerais da empresa que mudaram de perfil, mas também os profissionais de rh. Será cada vez mais necessário buscar por colaboradores que tenham experiência e perfil para estarem a frente de posições estratégicas e de integração com os demais setores da corporação, para assim, conseguirem incluir o recursos humanos em uma posição de importância para o desenvolvimento da empresa.

Além disso, profissionais que entendem que a tecnologia está a favor dos processos de gestão de capital humano serão primordiais, além destes serem íntimos e estarem a vontade para incluírem em suas rotinas softwares e demais programas que auxiliem não só a desburocratizar, mas principalmente analisar e mapear oportunidades de melhorias dos colaboradores.

E claro, assim como os profissionais em geral, investir na capacitação e lapidação dos que estão trabalhando no setor de Rh para absorver as mudanças é sempre a melhor opção, pois além de garantir custo-benefício, a empresa estará utilizando os talentos que já possui, dando oportunidades para aqueles que já conhecem a empresa e sua cultura.

 

Sabia que SAP SuccessFactors é ideal para centralizar e modernizar todos os processos de um RH digital? A EPI-USE te ajuda neste processo.

 

Links: exame.abril.com.br  g1.globo.com/economia  rhportal.com.br

Veja também:

Olá, deixe seu comentário para Crescimento na oferta de empregos modifica o profissional de RH

Enviando Comentário Fechar :/