EPI-USE

A importância da gestão de pessoas no agronegócio

[A importância da gestão de pessoas no agronegócio]

#Agro #GestãodePessoas #RHEstratégico

Com o crescimento do setor no agronegócio, é preciso investir em uma boa gestão de pessoas para aumentar ainda mais o desempenho do negócio.

Um dos assuntos mais falados hoje em dia, quando se diz respeito a empresa, é como conseguir alcançar o sucesso. Muitos estudos são feitos, muitos debates, palestras e horas de conversas são dedicadas a esse assunto. Quando falamos então do agronegócio, o que para muitos pode-se parar um assunto muito distante e vago, torna-se na verdade um assunto de extrema importância. Quando paramos para avaliar dados, a explicação vem logo à tona e entendemos todo o ciclo de um negócio e porque uma boa gestão de pessoas no agronegócio traz resultados ainda maiores.

 

Segundo os dados ainda provisórios e levantados pelo CEPEA (Centro de Estudos em Economia Aplicada), estima-se que o setor do agronegócio possui participação de 21% de todo o PIB nacional. Isso significa que a cada R$ 100,00 que circula pelo Brasil, R$ 21,00 fazem parte de todo o comércio que o Agronegócio proporciona. Com resultados tão acima da média, isto significa que o mesmo é extremamente importante para a geração de renda e circulação de produto e serviços na economia brasileira. 

 

Sabendo-se então destes dados, chegamos então à conclusão de que para continuar garantindo que o agronegócio brasileiro consiga aguentar a responsabilidade que é de sustentar uma boa cota de seu percentual bruto, é necessário que toda empresa desse setor tenha um olhar mais atento para sua gestão, para que, por fim, consiga sobreviver e garantir sua competitividade perante ao mercado.. 

 

Portanto, chegamos a parte de extrema importancia da empresa. Não adianta termos uma empresa grande, com nome no mercado, se a mesma não é bem gerida. Não adianta termos uma empresa com nome, se a mesma não sabe se vai se garantir our mais alguns meses ou anos no mercado. Não adianta termos tempo e dinheiro para investimento, se não temos em quem investir ou se não temos e não sabemos como investir, como garantir que a mesma vá se destacar e ser impecável em sua função. Para garantirmos tal coisa, precisamos gerir a mesma da maneira eficiente, e, para isso, é então que entra em cena o coração da empresa. Ou, como costumamos dizer, o setor de Recursos Humanos. 

 

É ele quem vai gerir, administrar e cuidar de todos ali dentro. No setor do agronegócio é de extrema importância a presença desse setor para a modernização dos processos da organização, pois as máquinas agrícolas podem até realizar e facilitar o trabalho, mas a produção humana por trás dela é que vai tornar o processo produtivo mais eficiente, além disso, são as pessoas que controlam as máquinas, portanto estas precisam sempre ser estimuladas a alcançar bons resultados, otimizando e adequando a relação entre o homem, a máquina e a cadeia produtiva agrícola. 

 

Visto os dados citados acima, com o crescimento no mercado, é fundamental a necessidade de cada vez mais expandir a produção agrícola, de maneira que a mesma se torne mais eficiente e maior (com mais quantidade) no decorrer do tempo, pois, por se tratar na maioria das vezes de produtos perecíveis, a quantidade e qualidade precisam ser, em sua grande parte, excepcionais. Essa garantia só se torna possível graças a pessoas competentes, treinadas e preparadas por uma área de gestão de excelência onde a modernidade, em conjunto com a boa gestão de pessoas faz com que a empresa se qualifique cada vez mais e tenha um futuro promissor à sua frente. 

 

Em nossos outros artigos, comentamos sobre a modernização do universo do agronegócio e quais as mudanças e atualizações necessárias para tornar seu negócio mais estratégico.

 

Sabemos que apenas incluir novas técnicas e maquinários com recursos tecnológicos e específicos não resume a modernização da empresa. Mas é preciso lembrar que a capacitação e treinamentos dos colaboradores, além de promover formas modernas de gestão de pessoas é um ponto crucial dentro dessa jornada, pois é o que permite que o gestor alcance melhores resultados, além de criar um ambiente com maior comprometimento afim de atingir a missão da organização. 

 

Vale frisar aqui que o gestor é essencial para que sua equipe alcance melhores resultados, principalmente no que se diz respeito ao treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores que promovem uma cultura organizacional de qualidade dentro da empresa. 

 

Em outro aspecto mais gerencial, o uso de novas tecnologias torna-se indispensável para automatizar, auxiliar e aperfeiçoar o trabalho dos profissionais. Precisamos lembrar também da  participação do departamento de Recursos Humanos na frente estratégica com a possibilidade de utilizar ferramentas específicas que unificam banco de dados e simplificam os procedimentos.

 

É estimado que até 2050 a população mundial aumente em quase 40%, segundo a organização das Nações Unidas para a Alimentação E agricultura (FAO). Para atender essa demanda estima-se que a indústria agrícola irá precisar produzir uma quantidade 70% maior do que se produz hoje. isso significa que, por ano, cerca de 1 bilhão a mais de produtos como trigo e arroz terão que ser produzidos. 

 

É aí que entra a criação de softwares e algoritmos que podem ser usados pelo agricultores e todo seu setor de Recursos Humanos para que, de forma estratégica, aumente o rendimento agrícola e a sustentabilidade no campo. Imagina só como toda essa tecnologia pode ajudar a gerir a empresa e fechar o clico de produtividade com chave ouro?

 

Abaixo, assista um vídeo gravado pelo nosso time, comentando um pouco mais sobre a importância do RH no centro estratégico do setor do Agronegócio.



Veja também:

Olá, deixe seu comentário para A importância da gestão de pessoas no agronegócio

Enviando Comentário Fechar :/